Janeiro Roxo – Mês de Combate à Hanseníase

Vitiligo
23 de fevereiro de 2021
Cardiopatia e Gestação
24 de fevereiro de 2021

Janeiro Roxo – Mês de Combate à Hanseníase

Janeiro Roxo - Mês de Combate à Hanseníase

❓Vocês sabiam que a hanseníase (conhecida popularmente como “Lepra”) é uma doença transmissível, causada por uma bactéria e ainda é um problema de saúde pública no Brasil????
😮Sim!! Pode afetar a pele, olhos e nervos periféricos (conectam o cérebro e a medula com o restante do corpo).
▪️Atinge pessoas de qualquer faixa etária ou sexo.
▪️Sua evolução é lenta e progressiva, podendo causar deformidades e incapacidades físicas se não for tratada!
📣A melhor forma de evitar complicações é através do diagnóstico precoce da doença.
▪️É transmitida pelo contato prolongado em ambiente fechado, a partir daqueles que possuem a forma infectante da doença.
🇧🇷 Sabiam que no Brasil o tratamento da hanseníase é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é gratuito. Ele é eficaz e leva a 100% de cura!!!
▪️O protocolo costuma durar entre seis meses e um ano e engloba antibióticos usados em conjunto.
🟪O objetivo da campanha do janeiro roxo é justamente despertar a atenção das pessoas para o diagnóstico precoce.
🚨 Fique de olhos nos seguintes sintomas:
🔺Dormência ou sensação de fisgadas nas extremidades do corpo, como em braços, mãos e pés
🔺Perda da sensibilidade ao calor, frio, tato e dor
🔺Presença de placas, caroços e manchas de tamanhos variados, brancos ou avermelhados, em qualquer parte do corpo, mas principalmente nas extremidades.
🔺Perda de transpiração habitual sobre as placas ou manchas.
🔺 Perda da força muscular, com aparente dificuldade para segurar objetos.
⚠️Quando não é prontamente tratada, a hanseníase pode evoluir para perda de sensibilidade nas mãos e pés e, com isso, maior risco de queimaduras no fogão e ferimentos evitáveis nos pés.
📣 Ao identificar algum sintoma, procure atendimento médico dermatológico. Tem cura!
Dra Tatiana Gabbi
Dermatologista
@dratatianagabbi
#hanseniase #janeiroroxo #manchadepele #sus

Comments are closed.